65

Até o dia 31 de julho estão abertas as inscrições para a chamada de casos “Gestão empresarial e políticas públicas para o desenvolvimento local”, da Iniciativa Empresarial Desenvolvimento Local e Grandes Empreendimentos (ID Local), que pertence ao Centro de Estudos em Sustentabilidade da Fundação Getulio Vargas (FGVces) da Escola de Administração de Empresas de São Paulo da Fundação Getulio Vargas (FGV EAESP).

Empresas e organizações do poder público e da sociedade civil, com ou sem fins lucrativos, podem inscrever projetos, concluídos ou em andamento, desde que sejam voltados ao desenvolvimento local, e que tenham sido colocados em prática a partir de parcerias entre o setor empresarial e a gestão pública.

Critérios de elegibilidade:

A chamada de casos tem como objetivo selecionar as boas práticas, apresentá-las ao público e, com isso, promover a reflexão sobre recomendações para a articulação empresarial com políticas públicas, inspirar empresas e gestores públicos e contribuir para a construção de conhecimento sobre iniciativas nesse contexto.

Apesar de aceitar casos ainda em andamento, a chamada determina que os inscritos demonstrem resultados preliminares. Alguns dos critérios de elegibilidade são: a experiência deve ser realizada no Brasil ou América Latina; estar relacionada a qualquer esfera das políticas públicas (federal, estadual, municipal, territorial), desde que apresente efeitos e/ou impactos locais; apresentar relação entre a atuação empresarial e a gestão pública por meio de suas operações diretas ou de investimento social privado e ter algum aspecto de formalização (como parceria e convênio).

Os casos selecionados participarão do encontro da ID Local para trocar experiências e compartilhar aprendizados, além de integrarem uma publicação online do FGVces, que terá como objetivo apresentar casos para dar maior repercussão do tema na sociedade.

Para isso, deverão responder positivamente aos critérios: contribuição nas políticas públicas e ações estruturantes no território; ações que permeiam diferentes áreas e temas das políticas públicas voltadas ao desenvolvimento local; proposta e/ou construção de (nova) tecnologia social com a gestão pública; grau de maturidade da ação; estabelecimento de canais e espaços para participação de diferentes atores, entre outros.

Inscrições:

A seleção ficará a cargo de um comitê de avaliação composto por pesquisadores do FGVces. As inscrições devem ser realizadas até 31 de julho neste link, enquanto que os resultados sobre a seleção serão divulgados no dia 14 de agosto. Todas as informações referentes à chamada estão no regulamento, disponível no site da FGV.

 

Fonte: GIFE.